- Agradecimento ABESC Caçapava - SP - Copa da Amizade -

terça-feira, 25 de julho de 2017

Povo brasileiro é o terceiro mais idiota do mundo, revela estudo britânico

Resultado de imagem para povo brasileiro idiota

Qual a porcentagem de brasileiros com acesso à internet? As famílias mais ricas concentram quanto da renda total do país? A cada 100 pessoas no Brasil, quantas vivem na zona rural? O instituto de pesquisas britânico Ipsos Mori fez esse tipo de perguntas para brasileiros. Os palpites passaram tão longe das repostas corretas, que renderam ao Brasil o título de terceiro país mais ignorante sobre si mesmo.

O estudo intitulado Perils of Perception (Perigos da Percepção) foi feito com 33 nações, de todos os continentes. O país que menos sabe sobre sua própria situação é o México, seguido pela Índia e sobrando para nós a medalha de bronze. Na outra ponta, o mais consciente do ranking foi a Coreia do Sul, em segundo ficou a Irlanda, com a Polônia em terceiro para fechar o pódio.
Para fazer o cálculo o estudo produziu 12 questões, e comparou as suposições da população com dados reais. Os brasileiros se mostraram especialmente ruins em falar sobre idade. O país teve a maior margem de erro, quando perguntaram a idade media de seus habitantes (o palpite foi 56 – 25 a mais do que os corretos 31 anos). Mas nós também lideramos os erros na questão “A cada 100 pessoas, quantas você acha que têm 14 anos ou menos?”, a média dos chutes foi 39, a resposta correta seria 24.
O povo brasileiro também tem menos mulheres no poder do que imagina. Enquanto a população acreditava que 31% dos políticos fossem mulheres, o número de verdade é menos que a metade disso: 14%. Outro erro de destaque foi na pergunta “Qual a porcentagem de imigrantes no seu país?”. As respostas do Brasil apontavam que 25% dos habitantes vieram de fora. Erramos feio. Na verdade, só 0,3% da população é estrangeira.
A pesquisa foi feita entre os dias 1 e 16 de outubro, conversando com cerca de 1000 brasileiros. Se você tem certeza que tiraria uma pontuação melhor do que nossos conterrâneos entrevistados, pode tentar provar isso. Os organizadores da pesquisa disponibilizaram um quiz online, para todo mundo testar os conhecimentos sobre próprio país.

Voos de ministros para casa em jatos da FAB aumentam 40% no governo Temer, apesar de decreto

Apesar do decreto que restringe o uso de jatinhos da FAB – a Força Aérea Brasileira, ministros e outras autoridades continuam utilizando as aeronaves para ir e voltar das cidades onde moram. Os motivos alegados vão desde serviço, passando por segurança e até mesmo residência.
Em 2015, um decreto assinado pela presidente Dilma Rousseff proibiu o uso de jatos da FAB para ir e voltar para casa às segundas e sextas-feiras.
Um levantamento feito pela BandNews FM aponta que, entre janeiro e março, os ministros do governo Michel Temer e outras autoridades, como os presidentes da Câmara e do Senado, fizeram 519 voos com jatos da FAB – uma média de quase seis por dia. Desses, 160 foram para o local de domicílio, segundo apurou o repórter Pablo Fernandez.
Em 2016, no mesmo período do governo Dilma Rousseff, foram 458 voos no geral e pelo menos 115 para as cidades de origem. Ou seja, o número de viagens para ir ou voltar de casa cresceu 40% no governo do PMDB.
O presidente da Comissão de Ética Pública da Presidência, responsável por fiscalizar os atos do Executivo, Mauro Menezes, reconhece que, em alguns casos, as autoridades tentam burlar as regras.
” Uma das questões éticas mais séries em nosso país constitui em coibir a burla à legalidade. Muitas vezes aparecem justificativas indiretas para que o uso se dê de maneira indevida. E as autoridades, no fim das contas, acabem usando para um proveito particular aquilo que é público”, afirma.
Tanto no governo Michel Temer quanto no de Dilma Rousseff as autoridades que mais voaram para casa foram os presidentes da Câmara. Entre janeiro e março de 2016, Eduardo Cunha fez 24 viagens com aviões da FAB – todas com decolagem ou pouso previsto no Rio de Janeiro.
No mesmo período deste ano, Rodrigo Maia voou 54 vezes com os jatinhos – 30 deles para a cidade de origem; também o Rio de Janeiro. O decreto de 2015, no entanto, não atinge os presidentes da Câmara, do Senado e do Supremo Tribunal Federal.
O fundador do site Contas Abertas, que fiscaliza as despesas federais, Gil Castelo Branco, ressalta que o uso de aviões da FAB dificulta o controle de gastos públicos.
“O país tem um 139 bilhões de reais para esse ano, que talvez não consiga nem cumprir. Enquanto isso, vocês levantam e mostram essa mordomia aérea. Ou seja, autoridades rasgando dinheiro público em jatinhos da FAB”, diz.
No governo Michel Temer, depois do presidente da Câmara, aparece o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, que fez 21 viagens – todas partindo ou chegando de Porto Alegre, onde mora. Em nenhum dos casos, ele alegou residência e na maioria das vezes, segurança.
No governo Dilma Rousseff, o segundo que mais utilizou os jatinhos para ir ou voltar do local de domicílio foi o então ministro das Cidades, Gilberto Kassab. Foram 18 viagens de um total de 34 – todas sob a justificativa de serviço.
Ministro da Ciência e Tecnologia no governo Michel Temer, Gilberto Kassab manteve a mesma rotina nos três primeiros meses de 2017. Fez 22 viagens, sendo 14 decolando ou pousando em São Paulo.
Em entrevista ao repórter Pablo Fernandez, o presidente da Comissão de Ética Pública da Presidência, Mauro Menezes, afirma que o material produzido pela BandNews FM servirá de base para a abertura de um novo processo. As punições previstas vão desde advertência até um pedido de exoneração.
Ainda no governo Michel Temer, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, voou 27 vezes – 18 partindo ou chegando em São Paulo, onde mora. Na sequência aparece o então ministro das Relações Exteriores, José Serra, que fez 25 viagens, sendo 16 para ir ou voltar de casa.
Em nota, a FAB esclarece que a justificativa é dada pela autoridade que solicita os jatinhos, não cabendo à Aeronáutica a apuração das informações.
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, alega que usa os aviões com base nas normas vigentes.
Chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha afirma que utiliza os jatos por questão de segurança, o mesmo que o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles.
Já o ministro da Ciência e Tecnologia, Gilberto Kassab, argumenta que todos os deslocamentos foram feitos para o cumprimento de agendas, mas não as enviou à BandNews FM.
O senador José Serra não foi encontrado.

AO VIVO - Jovem Pan Morning Show

Resultado de imagem para jovem morning show




youtube 

Jornal da Manhã - 25/07/17

Resultado de imagem para jornal da manhã jovem pan



fonte: youtube 

Jornal da BandNews FM - 25/07/2017


Resultado de imagem para Jornal da BandNews ricardo boechat




fonte: youtube

Bom Dia Brasil 25/07/2017

Resultado de imagem para Bom Dia Brasil 25/07/2017




fonte: youtube 

Carille conversa com atletas e testa opções para encarar o Patriotas

O técnico Fábio Carille utilizou o treino da tarde desta segunda-feira para testar opções e conversar bastante com possíveis titulares no jogo de quarta, às 21h45 (de Brasília), contra o Patriotas-COL, pela volta da segunda fase da Copa Sul-Americana. Sem Pablo e Jadson, machucados, além de Clayson, que já atuou no torneio pela Ponte Preta, o treinador estuda dar descanso a alguns atletas para evitar lesões no líder do Campeonato Brasileiro.
Sem contar com os titulares de linha, que realizaram apenas um trabalho regenerativo na piscina e na academia do CT Joaquim Grava, o treinador usou as cerca de duas horas que teve à disposição para observar de perto nomes que podem entrar tanto na armação da equipe quando na parte defensiva. Depois de um trabalho de posse de bola em campo reduzido, ele dividiu dois times na tentativa de montar um ataque contra defesa.
Nessa hora, bateu um papo rápido com Marquinhos Gabriel e Clayton, dois possíveis titulares, que atuaram abertos pelos lados. Marquinhos, que estava suspenso contra o Fluminense, pode voltar ao time pelo lado direito. Clayton, por sua vez, ganhou força como opção pela esquerda devido à ausência de Clayson e à possibilidade de descanso a Romero. O paraguaio, que deixou o gramado no final de semana reclamando de desgaste físico, não tem lesão, mas pode receber tratamento especial da comissão.
Pedrinho, outro que conversou com o comandante antes da parte final, atuou no time adversário, também pelo lado direito, mostrando que pode ser uma opção no setor. Inicialmente preparado para jogar na faixa central do campo, o meia pode receber algumas chances pelos lados devido ao longo período de recuperação do meia Jadson, que só terá condições de jogar entre o final de agosto e o começo de setembro.
Danilo, que foi inscrito nesta segunda na Sul-Americana, fechou o trio de armadores que municiou Kazim, outro possível substituto já que Jô só perdeu a partida contra os colombianos, em Tunja, recentemente. O melhor desempenho ficou por conta de Clayton, com duas assistências e um gol marcado. Pedrinho, no time rival, escapou bem da marcação nas puxadas de contra-ataque e chegou a fazer belo gol, encobrindo Caíque França, que defendia um dos gols posicionados no meio-campo.
Paulo Roberto, que formou a dupla de volantes com Camacho, foi outro atleta a ser chamado de canto por Carille, dessa vez por um período maior. Após a conversa, ele saiu do gramado e ainda falou por um tempo com o auxiliar Osmar Loss, já na beira do gramado. Sem atuar como titular desde a partida contra o Grêmio, em Porto Alegre, quando foi um dos destaques, ele pode aparecer na vaga de Gabriel.
A definição, porém, fica para o trabalho da tarde de terça, novamente no CT, quando os titulares estarão à disposição para entrar no gramado. A expectativa é que haja ao menos uma conversa com os escolhidos para entrar em campo, procedimento escolhido quando o desgaste do time é considerado perigoso para uma atividade mais complexa. Por ter empatado em 1 a 1 na Colômbia, o Timão pode até terminar o jogo no 0 a 0 que estará classificado para s oitavas de final.
fonte: https://www.gazetaesportiva.com/campeonatos/brasileiro-serie-a/carille-conversa-com-atletas-e-testa-opcoes-para-encarar-o-patriotas/

Ex-goleiro Marcos deixa a UTI e vai para o quarto após cirurgia no coração

Resultado de imagem para Ex-goleiro Marcos deixa a UTI e vai para o quarto após cirurgia no coração
O ex-goleiro Marcos deixou a UTI do Hospital do Coração (Hcor), em São Paulo, e está no quarto para continuar a recuperação de uma cirurgia cardíaca realizada na última quinta-feira. Segundo a assessoria de imprensa do hospital, o ídolo palmeirense tem quadro estável e com boa recuperação.
Marcos, de 43 anos, chegou a publicar vídeo nas redes sociais no último fim de semana para mandar recado aos fãs e mostrar a cicatriz no peito. Os médicos realizaram um procedimento para corrigir um prolapso da válvula mitral, problema identificado durante exame de rotinas cerca de um mês antes da cirurgia. O ex-goleiro preferiu não divulgar o tratamento, para evitar alarde.
O hospital não tem previsão de alta nem da divulgação de novos boletins sobre o estado de saúde do paciente. O ídolo palmeirense se aposentou do futebol no fim de 2011. Desde então, atuou como embaixador do Palmeiras em eventos e cuidou de projetos pessoais.
fonte: Istoé

Volkswagen Golf pode ter produção nacional interrompida

golf-parana

As vendas dos hatchbacks médios vêm caindo a cada mês e isso pode motivar a interrupção da produção nacional do Volkswagen Golf em São José dos Pinhais (PR). Em entrevista ao site Automotive Business, David Powels, presidente da Volkswagen para Brasil e América do Sul, revela que modelo nacional pode estar com os dias contados, caso continue vendendo tão pouco – atualmente, todo o segmento representa somente 1,27% de todos os carros emplacados desde janeiro deste ano.
“Vamos ver como fica, mas se continuar assim com vendas muito baixas, poderemos interromper a fabricação”, revelou Powels ao Automotive Business. O Golf atualmente está na segunda colocação entre os mais emplacados do segmento, segundo a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). Mas isso ainda é bem pouco: no acumulado do ano, emplacou 2.461 unidades, enquanto o líder Chevrolet Cruze Sport6 está com 3.222 veículos.
Apesar da declaração do executivo, o Golf deve seguir nos planos da Volkswagen brasileira por mais um tempo. O modelo reestilizado já circula pelo Brasil há alguns meses, como mostram diversos flagras que já publicamos. O hatch renovado será um dos 9 lançamentos prometidos pela fabricante para este ano.
Comparativo Cruze Sport6 x Golf TSI

Família MQB-A0

Enquanto o Golf tem seu futuro incerto, a Volkswagen prepara a produção de uma nova família no Brasil, toda com a plataforma MQB-A0, uma variação da MQB do Golf para carros menores. É a base do novo Polo, que será lançado por aqui até novembro. Em seguida será a vez do Virtus, sedã que vai brigar com Chevrolet Cobalt e Honda City. Para o ano que vem virá a versão definitiva do T-Cross, SUV compacto rival do Honda HR-V. Além disso, a marca ainda trabalha em uma nova picape, acima da Saveiro, e também em mais um SUV, o T-ROC feito na base do Golf. Mas este deverá ser produzido na Argentina.
Texto: Nicolas Tavares
Fotos: Divulgação e Motor1.com
fonte: Carplace

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Violência no Rio: PM morto no Vidigal estava sozinho, diz colega




O sargento Hudson Silva Araújo, de 46 anos, estava sozinho quando foi baleado no Morro do Vidigal, na Zona Sul do Rio. Ele foi o 91º PM morto em 2017.
O Bom Dia Rio teve acesso ao rádio da PM em que um colega de Hudson repassa a informação. "Confirmou: policial baleado, policial baleado, comandante. E sozinho, comandante, sozinho. Tem ninguém lá".



Aos 46 anos ele queria se aposentar daqui a três. O sargento foi levado ao Hospital Miguel Couto, mas não resistiu ao ferimento e morreu.
No domingo, a PM fez uma operação na comunidade mas não encontrou os suspeitos.
Além da mobilização da PM, a Divisão de Homicídios da Polícia Civil também investiga o caso. O número de militares direcionados para a operação não é divulgado pela PM por uma questão estratégica.
O sargendo Hudson Silva de Araújo patrulhava uma das principais vias da comunidade quando foi baleado na troca de tiros. O PM chegou a ser socorrido por outros policiais para o Hospital Miguel Couto, que também fica no Leblon, foi operado às pressas, mas morreu na mesa de cirurgia.
A Coordenação de Polícia Pacificadora comunicou que Hudson era supervisor de equipes na UPP Vidigal e completaria 15 anos na corporação em setembro deste ano. O PM era casado e deixa duas filhas. Por enquanto, o corpo do policial continua no Miguel Couto e, mais tarde, ainda nesta manhã, será encaminhado ao Instituto Médico Legal.


fonte: G1

Com a presença de Neto, Chapecoense apresenta elenco para 2017

Seguidores

COMPARTILHAR POSTAGENS