> Canadauence TV: PARÓQUIA DE SÃO JORGE EM QUINTINO RJ : Comemorado nesta terça-feira (23), no Rio, muitos fiéis compareceram à paróquia de mesmo nome, em Quintino, zona norte, para pedir à benção e também agradecer ao chamado "santo guerreiro". >

terça-feira, 23 de abril de 2013

PARÓQUIA DE SÃO JORGE EM QUINTINO RJ : Comemorado nesta terça-feira (23), no Rio, muitos fiéis compareceram à paróquia de mesmo nome, em Quintino, zona norte, para pedir à benção e também agradecer ao chamado "santo guerreiro".


Católicos lotam igreja de São Jorge, no Rio; programação para o dia do santo é de missas e procissão






No dia de São Jorge, comemorado nesta terça-feira (23), no Rio, muitos fiéis compareceram 
à paróquia de mesmo nome, em Quintino, zona norte, para pedir à benção e também agradecer ao chamado "santo guerreiro".
O gerente comercial André do Nascimento Costa, 34, trouxe a família para pedir pela saúde da filha mais nova, Manuele, 4. A menina nasceu com mielomelingocele, uma deformação congênita na espinha dorsal, que impede sua filha de andar. Costa conta que virou devoto há quase cinco anos quando a filha mais nova nasceu. Segundo ele, suas preces à São Jorge tem sido atendidas.
"Ela tem respondido muito bem à fisioterapia. Parte disso é por causa da fé que depositamos em São Jorge", disse.
O casal de aposentados Cléber Ferreira Machado, 72, e Luzia, 75, vieram pedir saúde para ele que passará por uma cirurgia para o tratamento de glaucoma na próxima quinta-feira (25).
Eles contam que viraram devotos por intermédio de um sobrinho de Luzia. Há seis anos que eles direcionam suas preces ao santo. Vestidos de vermelho e branco, as cores do santo, os dois aguardavam a população dispersar para ter acesso à igreja. É o primeiro ano dos dois na paróquia de Quintino.
"As esperanças ficam renovadas com as orações. Depois da cirurgia nós voltaremos para agradecer, porque isso é talvez mais importante do que pedir", disse Luzia, que contou ser devota também de Santo Antônio.
Agradecer foi o que motivou o frentista Alexandre da Silva Oliveira, 36, a ir até a igreja. Como pagamento de uma promessa feita no ano passado, ele e sua prima distribuíam santinhos para os devotos. Oliveira conta que em pouco mais de duas horas entregou os mil papéis com uma imagem e a oração do santo.
"Eu pedi saúde para minha família e também bons relacionamentos. Vim para pagar minha promessa", disse ele, que frequenta o evento há cinco anos.
A prima de Oliveira, a estudante Karen dos Santos, 18, ajudava o parente. Ela estava vestida com uma camisa da novela "Salve Jorge", da Rede Globo. Ela conta que comprou a camisa em uma barraca próxima por R$ 25.
"Eu resolvi comprar essa camisa porque sou devota do santo e fã da novela", explicou.
Os festejos na igreja começaram com a chamada missa da alvorada, às 5h. Às 7h30 já não era possível entrar na igreja. A rua Clarimundo de Melo, onde fica a igreja, está tomada por fiéis.
Barracas vendem comida, bebida e artigos relacionados ao chamado "santo guerreiro", como camisas, santinhos e imagens. Caixas de som estão espalhadas por toda a extensão da via.
Às 17h haverá uma procissão na rua, que está fechada para o trânsito.
Na entrada da igreja, o diácono Andre Luiz Jatobá benzia os devotos com água benta. Jatobá disse que nunca havia visto tanto movimento na paróquia.
"O São Jorge é muito querido, mas acho que esse ano os festejos tiveram impulso da novela", disse o diácono, referindo-se à novela "Salve Jorge", da Rede Globo.
A Polícia Militar ainda não confirmou o público no local.
DEVOÇÃO
Muitas pessoas carregavam imagens do santo. É o caso do empresário Carlos Botelho, 50, que se disse devoto desde os quatro anos de idade. Ele disse ter sido apresentado ao santo pelos pais e nunca deixou de frequentar a paróquia em Quintino. "Eu não venho pedir nada. Só celebrar a fé no santo", disse.
O segurança André Luiz Azevedo, 40, aproveitou o dia para reforçar uma tradição na família. Azevedo conta que foi apresentado ao santo pelo tio falecido. Nesta terça-feira foi a vez dele levar sua filha, Helena, de 11 meses, à missa em homenagem à São Jorge. Ele estava acompanhado da esposa, Jéssica Augusta, 22, que afirmou ser devota também por incentivo do marido.
"Ele já me convenceu dos benefícios da devoção ao santo e hoje estamos trazendo nossa filha para conhecer o santo", disse Jéssica.




Postar um comentário

Google+ Badge

Produção musical · Planejamento de casamentos

e-mail: glamourcasamentos@outlook.com
(12)98179-3298
(12)99153-5661