- Começa neste sábado 03/06/17 a 1¤ copa da amizade, com a abertura ao 12hrs, organizada pela ABESC Caçapava com a coordenação de Danilo Augusto, voluntário nesta associação e funcionário da GM. A copa será realizada no ginásio de esportes do Clube Recreativo Jequitiba de Caçapava em SP e a entrada será franca. Os jogos aconteceram aos sábados das 13 as 18 hrs e aos domingos a partir das 8:00hrs do dia 3 de Junho a 9 de julho. Participaram equipes de Caçapava e taubate: ABESC Caçapava Jequitibá, Craquenet Caçapava, Nestlé, Nacional, São Gonçalo Taubaté, Palmeiras Caçapava, Califórnia Taubaté, Meninos de Ouro, Instituto Vida Taubaté e Aliança Taubaté. A copa contará com cerca de 550 atletas. -

ABESC Apresenta a1¤ copa da amizade

sexta-feira, 28 de abril de 2017

Conmebol denuncia Felipe Melo, os dois clubes e mais três uruguaios

Resultado de imagem para Conmebol denuncia Felipe Melo, os dois clubes e mais três uruguaios

A Conmebol anunciou nesta sexta-feira que abriu procedimentos disciplinares contra o volante Felipe Melo, do Palmeiras, e mais três jogadores do Peñarol envolvidos na briga da partida da última quarta, em Montevidéu. Matías Mier, Lucas Hernández e Nahitan Nandez foram os uruguaios denunciados pela entidade que organiza a Copa Libertadores.

Os dois clubes também são alvos de denúncias e devem sofrer punições pela briga que envolveu atletas no campo e torcedores na arquibancada da arena Campeón del Siglo. As diretorias de Palmeiras e Peñarol têm até 5 de maio para apresentarem suas defesas. Nesta sexta, um advogado do Verdão já viajou para o Paraguai, onde fica a sede da Conmebol, com uma série de provas para defender o clube, que alega ter sido vítima de uma emboscada. Um vídeo feito do alto do estádio, feito pela comissão técnica do Verdão, mostra Willian sendo agredido e Melo sendo cercado por adversários ao fim do jogo.


Com as denúncias, o único jogador do Palmeiras que corre risco de gancho é mesmo Felipe Melo. O clube pode sofrer com multas de até 400 mil dólares e jogos com portões fechados, por exemplo. Após receber as defesas dos clubes, a Conmebol irá anunciar as penas para os envolvidos.

Em documento oficial da entidade, publicado pela ESPN Brasil, árbitro e delegado da partida fazem os seguintes relatos sobre a confusão:

"Ao término do jogo, Felipe Melo, do Palmeiras, faz um gesto para o céu supostamente de saudação, gerando uma reação coletiva tanto de jogadores suplentes como jogadores do campo do Peñarol. Pode-se individualizar Matías Mier, que foi com atitude provocativa perseguindo Felipe Melo. Em um certo momento, se produz uma agressão mútua entre os dois jogadores com golpes de punho, o que motiva reação das duas equipes, comissões técnicas. Foi difícil identificar pontualmente os participantes. Uma vez que a equipe do Palmeiras saiu de campo, o conflito seguiu nas tribunas com as duas torcidas. Houve lançamentos de objetos difíceis de serem identificados. Para a entrada da equipe local em campo, nos dois tempos, houve uso de sinalizadores e bombas", escreveu o árbitro na súmula.




"A partida foi normal, sem incidentes durante o tempo regulamentar. Ao fim do jogo, Felipe Melo, do Palmeiras, se dirige a jogadores do Peñarol com um gesto de saudação ao céu, provocando reação. Maties Mier persegue Melo, que reage com um golpe de punho no rosto e gera reações de agressão de outros jogadores locais e visitantes, e comissões técnicas. Há uma corrida generalizada. Quando termina o conflito e o Palmeiras deixa o campo, há reações próximas às grades na torcida que separaram as torcidas de Palmeiras e Peñarol. Por falta de efetivo de segurança, há mútuas agressões entre os torcedores e lançamento de objetos por muito tempo até a chegada de policiais. No túnel de saída do campo, houve enfrentamento entre segurantes das duas equipes", escreveu o delegado da partida no Uruguai.


fonte: Lance Net

youtube

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com a presença de Neto, Chapecoense apresenta elenco para 2017

AS MAIS VISTAS

Seguidores

COMPARTILHAR POSTAGENS