- Começa neste sábado 03/06/17 a 1¤ copa da amizade, com a abertura ao 12hrs, organizada pela ABESC Caçapava com a coordenação de Danilo Augusto, voluntário nesta associação e funcionário da GM. A copa será realizada no ginásio de esportes do Clube Recreativo Jequitiba de Caçapava em SP e a entrada será franca. Os jogos aconteceram aos sábados das 13 as 18 hrs e aos domingos a partir das 8:00hrs do dia 3 de Junho a 9 de julho. Participaram equipes de Caçapava e taubate: ABESC Caçapava Jequitibá, Craquenet Caçapava, Nestlé, Nacional, São Gonçalo Taubaté, Palmeiras Caçapava, Califórnia Taubaté, Meninos de Ouro, Instituto Vida Taubaté e Aliança Taubaté. A copa contará com cerca de 550 atletas. -

ABESC Apresenta a1¤ copa da amizade

sexta-feira, 5 de maio de 2017

Conheça a Chevrolet S10 2.5 Flex automática que vem extremecer o mercado de picapes

Marlos Ney Vidal (*)
De Itatiba (SP)
Finalmente, a Chevrolet S10 2.5 Flex recebeu o câmbio automático para atender aqueles clientes que já não abrem mão de dar folga ao pé esquerdo. A picape chega nas versões LT e LTZ, com opções de trações 4×2 e 4×4. A marca não revela qual será o mix da opção com transmissão AT6, mas, estima que ela será responsável por quase 100% das vendas da versão 2.5 Flex. O número se justifica, pois de acordo com pesquisas da marca, 87% dos donos de picape querem um modelo automático.


Preços

A S10 2.5 Flex automática chega com preços competitivos em relação à Toyota Hilux, sua principal concorrente. A picape da marca americana ainda leva vantagem por oferecer sistema de tração 4×4, item inexistente no modelo japonês. A S10 tem preço inicial de R$ 107.990 para opção 2.5 LT AT6 4×2 e chega aos R$ 129.990 para a versão 2.5 LTZ 4×4. A marca já iniciou a distribuição e as vendas começam ainda neste mês.
Confira abaixo os preços da S10 2.5 AT6:
  • S10 LT 2.5 AT6 4×2 – R$ 107.990
  • S10 LT 2.5 AT6 4×4 – R$ 116.990
  • S10 LTZ 2.5 AT6 4×2 – R$ 122.690
  • S10 LTZ 2.5 AT6 4×4 – R$ 129.990
Itens de série

Desde a versão LT, os principais itens de série da S10 2.5 Flex automática são: ar-condicionado, direção elétrica, direção elétrica, vidros e travas elétricas nas quatro portas, capota marítima, rodas de 16″ de alumínio, MyLink 2 com tela de 7″, sensor de estacionamento, entre outros itens.
A versão LTZ, agrega controles eletrônico de estabilidade e de tração, assistente de partida em aclive, controle de descida em declive, sensor de chuva, alerta de saída de faixa, alerta de colisão frontal, rodas de 18”, ar-condicionado automático, câmera de ré, sensor de estacionamento dianteiro, volante multifuncional, MyLink2 com tela de 8”, luzes DRL, entre outros itens.

Consumo

A Chevrolet S10  recebeu nota máxima na classificação do Inmetro. Na opção 4×2 rodando com gasolina ela tem consumo de 9,4km/l na estrada e 7,9 km/l na cidade. Com etanol os resultados são 6,4 km/l e 5,3 km/l, respectivamente.

Motor

A marca não alterou o motor 2.5 Ecotec e mudou apenas os coxins, para melhorar os níveis de ruído e vibração. O propulsor rende potência de 197cv a 6.300 rpm e torque de 26,3 kgfm a 4.400 rpm com gasolina no tanque. Já com etanol a potência é de 206 cv a 6.000 rpm e o torque é de 27,3 kgfm a 4.400 rpm. A S10 2.5 Flex automática acelera até os 100 km/h em 9,5 segundos.

Andando

Com a chegada do câmbio automático AT6, o comportamento da S10 2.5 Flex melhorou. Rodamos cerca de 30 quilômetros com a versão 2.5 LTZ 4×4, mesclando circuito urbano e estrada, foi possível perceber que a união entre motor e câmbio ficou interessante. O conjunto mecânico já permitia uma condução mais ágil e com trocas suaves de marcha e a central eletrônica executa seu trabalho corretamente.  Na estrada, o câmbio ajuda a manter o motor a ter um bom desempenho sem forçar muito o conjunto mecânico.
Em asfalto liso a picape tem rodar suave, mas em asfalto ruim e estrada não pavimentadas, o tradicional pula-pula das picapes é facilmente notado.
No vídeo acima, pode-se ver o comportamento da picape em percurso off-road nos quais o bloqueio de diferencial e o controlador de velocidade em descidas facilita em a vida do condutor.

Isolamento

O isolamento acústico é bom e quase não se percebe o funcionamento do motor mesmo em velocidades mais elevadas. Ponto negativo é a falta de ajuste de profundidade da coluna de direção que tem somente o de altura.
 (*) O jornalista viajou a convite da Chevrolet
fonte: autossegredos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com a presença de Neto, Chapecoense apresenta elenco para 2017

POSTAGEM EM DESTAQUE

AO VIVO - Jornal da Manhã - Rádio Jovem Pan 29/06/17

Seguidores

COMPARTILHAR POSTAGENS