- Começa neste sábado 03/06/17 a 1¤ copa da amizade, com a abertura ao 12hrs, organizada pela ABESC Caçapava com a coordenação de Danilo Augusto, voluntário nesta associação e funcionário da GM. A copa será realizada no ginásio de esportes do Clube Recreativo Jequitiba de Caçapava em SP e a entrada será franca. Os jogos aconteceram aos sábados das 13 as 18 hrs e aos domingos a partir das 8:00hrs do dia 3 de Junho a 9 de julho. Participaram equipes de Caçapava e taubate: ABESC Caçapava Jequitibá, Craquenet Caçapava, Nestlé, Nacional, São Gonçalo Taubaté, Palmeiras Caçapava, Califórnia Taubaté, Meninos de Ouro, Instituto Vida Taubaté e Aliança Taubaté. A copa contará com cerca de 550 atletas. -

ABESC Apresenta a1¤ copa da amizade

segunda-feira, 1 de maio de 2017

Noivo cadeirante emociona convidados ao dançar no casamento; veja vídeo

Cadeira de rodas não impediu o noivo de dançar na festa de casamento (Foto: Arquivo/ Jéssica Luíza Gonçalves)

Um noivo cadeirante emocionou os convidados ao dançar no casamento em Cruzeiro (SP). A celebração, no último sábado (29), reuniu cerca de 100 pessoas, entre amigos e familiares do casal. O vídeo da dança foi compartilhado pelos convidados nas redes sociais e já foi visto mais de mil vezes. (veja vídeo acima)
A dona de casa Jéssica e o militar aposentado Lucas Gonçalves, de 22 e 27 anos respectivamente, se conheceram durante uma procissão religiosa e começaram a namorar em 2013. Em 2015, Lucas sofreu um acidente de moto e ficou paraplégico. O imprevisto, segundo eles, serviu para aumentar ainda mais a cumplicidade do casal.

video

"Eu fui morar na casa da mãe dele pra cuidar dele. Isso nunca foi um problema para a gente. É normal para mim, meu amor nunca chegaria ao fim só porque ele perdeu os movimentos das pernas", afirmou Jéssica.
Quando decidiram se casar, os noivos decidiram que não iriam abrir mão da primeira dança, mesmo com as limitações.
"Eu sempre gostei muito de dançar e depois do acidente não dancei mais. Vi que cadeira não é um impedimento. Não impede a gente de viver", disse noivo.
 Ele sofreu o acidente em 2015 e, desde então, perdeu os movimentos das pernas (Foto: Arquivo pessoal/Jéssica Luíza Gonçalves)

Ensaios

Os ensaios começaram duas semanas antes do casamento e contaram com ajuda de uma amiga do casal, que é professora de educação física. O noivo gostou tanto de dançar que quis dançar mais de uma música e escolheu ritmos diferentes. A apresentação toda durou cerca de oito minutos.
Os noivos contam que os convidados ficaram emocionados. "Ninguém esperava, ficou muito bonito e algumas pessoas até choraram. Nos divertimos fazendo, foi um momento muito especial" disse Jéssica. "Estou orgulhoso", completou Lucas.

fonte: G1 Vanguarda

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com a presença de Neto, Chapecoense apresenta elenco para 2017

Seguidores

COMPARTILHAR POSTAGENS