- Agradecimento ABESC Caçapava - SP - Copa da Amizade -

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Carille avalia vitória 'muito grande; "Cabia Mais"

Palmeiras x Corinthians

A vitória por 2 a 0 diante do Palmeiras, com gols marcados por Jadson e Guilherme Arana, aumentou a invencibilidade do Corinthians para 27 partidas na temporada, a quarta maior série sem perder da história do clube. Treinador responsável pela façanha, Fábio Carille distribuiu elogios em entrevista coletiva após o Dérbi, atribuiu o resultado positivo à frieza do Timão e ainda admitiu, "com sinceridade": o placar podia ter sido ainda mais largo.

Foi uma vitória muito grande, com a equipe concentrada o tempo todo, cumprindo função com e sem bola, determinada. Saímos muito felizes daqui não só pelo resultado, mas pela atuação de todos. Por exemplo, eu não conseguia ver substituição pela resposta que todos davam contra-atacando, podendo ser até mais se acertássemos o último passe. Mostramos estar no caminho certo, mas tem muita coisa para acontecer ainda - declarou o técnico.

O técnico do Corinthians fez elogios individuais a diversos jogadores, como Guilherme Arana, Pablo, Balbuena, Romero e Gabriel, mas elegeu a participação coletiva como responsável pelo triunfo que derrubou uma invencibilidade de quase um ano do Palmeiras em seu estádio. Segundo o treinador, o aspecto tático foi um diferencial no Allianz Parque.



- A gente sabe muito jogar sem bola, ver Jadson aos 34 anos dobrando marcação com Fagner não é para qualquer um. O Palmeiras tinha que se atirar e se atirou, criamos chances para ser mais. Tudo o que nós programamos para esse jogo aconteceu. Taticamente é um time muito bem organizado, os jogadores de uma entrega fora do normal, uma equipe de homens, que sabe o que quer. Cada dia mais me surpreendo com Jô, que não só vocês têm dúvida, como eu também, Jadson, um ano na China, está aí sendo decisivo, Rodriguinho desde o ano passado, Romero cada vez mais confiante... é uma equipe de homens, pode ter certeza - disse Carille, que terminou a entrevista coletiva respondendo a uma pergunta importante: quem derrotará o Corinthians em 2017?

- Espero que ninguém até dia 13 de dezembro. Quem sabe? Minha ideia é trabalhar jogo a jogo. Agora é foco no Atlético-PR, outro jogo muito importante, que vale os mesmos três pontos de hoje.


fonte: LanceNet

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com a presença de Neto, Chapecoense apresenta elenco para 2017

AS MAIS VISTAS

Seguidores

COMPARTILHAR POSTAGENS